Edmond Jabès — Pequena nota biográfica

 Edmond Jabès

Autor praticamente inédito no Brasil, Edmond Jabès tem vasta e reputada obra em língua francesa. Judeu nascido no Cairo (1912) em uma família de origem italiana, mas tendo recebido educação francesa, Jabès exilou-se em Paris em 1957, onde viveu até sua morte (1991). Talvez para nenhum outro poeta o exílio tenha adquirido tanta importância, chegando mesmo a ser um dos núcleos de sua obra. Sua condição de étranger (estrangeiro e estranho) atravessa e constitui a sua poética, nunca assumindo, entretanto, o sentido nostálgico e romântico, mas, ao contrário, levando-o a lidar a todo momento com origem e destino, a sua, a do escritor, e por que não dizer, a do próprio homem.

Autores como Jacques Derrida (L’écriture et la différence, Paris, Seuil, 1967) e Gabriel Bounoure (Edmond Jabès, la demeure et le livre, Paris, Fata Morgana, 1984) já ressaltaram a importância da poesia jabesiana no panorama do pensamento francês deste final de século, assim como lhe foi inteiramente dedicado um dos volumes do já famoso Colloque de Cerisy (Ecrire le livre autour d’Edmond Jabès, Paris, Champ Vallon, 1989).

 

Compartilhamentos [© Caio Meira]
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *