foto perfil

Caio Meira nasceu em Goiânia (1966). Vive no Rio de Janeiro desde 1984. Graduou-se em psicologia e tem pós-graduação em Teoria Literária/Poética (UFRJ, 2002). Além de textos teóricos e artigos sobre literatura, publicou 3 livros de poesia: No oco da mão (UERJ, 1993), Corpo Solo (Sette Letras, 1998) e Coisas que o primeiro cachorro na rua pode dizer (Beco do Azougue, 2003). Em 2010, o livro inédito Romance – poemas ganhou o prêmio Funarte para conclusão de obras literárias. Este livro será publicado em junho de 2013. Atua também como tradutor da língua francesa, tendo como principais publicações as edições brasileira de dois livros do historiador e crítico literário Tzvetan Todorov: A literatura em Perigo e A beleza salvará o mundo, ambos publicados pela Editora Bertrand do Brasil (2009 e 2010).

Publicações:

Livros

  • Coisas que o primeiro cachorro na rua pode dizer. Rio de Janeiro: Azougue Editorial, 2003. 56 p. (POESIA)
  • Guia Conciso de Autores Brasileiros. Rio de Janeiro: Fundação Biblioteca Nacional, Departamento Nacional do Livro, 2003. v. 1. 410 p. (Com Alberto Pucheu).
  • Corpo Solo. Rio de Janeiro: Sette Letras, 1998. 69 p. (POESIA)
  • No oco da mão. Rio de Janeiro: UERJ, 1993. 24 p. (POESIA)

Capítulos de livros

  • Rimbaud, o estranho. In: COUTINHO, Luiz Edmundo Bouças. (Org.). Arte e artifício: manobras de fim de século. Rio de Janeiro, 2002, p. 21-33.
  • Por uma poética do deserto: a materialidade do silêncio em Edmond Jabès. In: LOBO, Luiza; FARIA, Márcia G. S. (Org.). A poética das cidades. Rio de Janeiro, 1999, p. 117-135.

Textos em jornais de notícias

  • Novas urgências poéticas. O Globo / Prosa &Verso, Rio de Janeiro, 05 jul. 2005.
  • Os 10 anos da Azougue ganham edição especial. Jornal do Brasil / Caderno Idéias, Rio de Janeiro, 11 set. 2004.
  • Edmond Jabès: o não-lugar de lugar nenhum. Coyote, Londrina – PR, p. 20-25, 08 dez. 2003.
  • Jacques Roubaud: algo escuro. Coyote, Londrina, v. 5, p. 12-17, 30 maio 2003.
  • Um poeta na Vertigem do real. O Globo / Prosa &Verso, Rio de Janeiro, 04 jan. 2002.
  • Entre presença e ausência, silêncio e palavras. O Globo / Prosa & Verso, Rio de Janeiro, 02 jan. 2000.

Traduções

  • A beleza salvará o mundo – Os aventureiros do absoluto (Tzvetan Todorov), Bertrand do Brasil, 2010.
  • A literatura em perigo (Tzvetan Todorov), Bertrand do Brasil, 2009.
  • Tito – A profecia de Jerusalém (Jean-François Nahmias). Bertrand do Brasil, 2005.
  • Tito – O véu de Berenice (Jean-François Nahmias). Bertrand do Brasil, 2005.
  • A busca de si – Diálogos sobre o sujeito (Alain Touraine). Difel, 2004.
  • Sócrates e Xantipa: um crime em Atenas (Gérald Messadié). Bertrand do Brasil, 2003.
  • A mais bela história da Terra. Difel, 2002.
  • Oriente Médio. Readers Digest, 2002.
  • Moisés: o profeta fundador (Gérald Messadié). Bertrand do Brasil, 2001.
  • Moisés: um príncipe sem coroa (Gérald Messadié). Bertrand do Brasil, 2001.
  • O livro negro do comunismo (Org.: Stéphane Courtois). Bertrand do Brasil, 1999.
  • Jacques Derrida (Jacques Derrida & Geoffrey Bennington). Jorge Zahar, 1996.